OS CUIDADOS QUE VOCÊ DEVE TER NO SEU SALÃO

Ser proprietário de um salão de beleza não significa que os únicos assuntos a serem tratados têm a ver com estética, marketing, vendas, organização e gestão de equipes. A história se estende por bem mais do que isso. Você também deve ter cuidados.

Via Pixabay.

Quem trabalha com produtos químicos que são aplicados diretamente na pele dos clientes logicamente precisa saber de algumas regrinhas que irão livrar o estabelecimento de processos, riscos de doenças, entre outras coisas indesejáveis.

Mas não é somente isso. São vários os salões que não instruem seus funcionários a trabalharem de uma maneira que não os prejudique. Você já parou para pensar na quantidade de manicures e cabeleireiros que sofrem com dores nos braços, nas mãos, por causa do excesso de movimentos repetitivos?

Tudo isso tem que ser considerado. Portanto, veja quais são os cuidados que você deve tomar em seu salão de beleza.

FUNCIONÁRIOS

A sua equipe é o seu tesouro. Você vai pegar no pesado, fazer mil coisas ao mesmo tempo, segurar o tranco e lidar com o futuro do seu salão. Mas, sem a sua equipe, você não sai do canto. Portanto, tenha cuidados com ela.

Vamos lá: um salão de beleza é um empreendimento em que os funcionários tratam diretamente com os clientes a todo momento. Não é só uma questão se apresentar bem e ser gentil ou persuasivo. Aqui a coisa vai mais além. Não que um funcionário do salão de beleza vire amigo do cliente, mas existe uma certa parceria implícita entre os dois. Eles conversam (até demais), riem, enquanto um ajuda o outro.

Por que você deixaria a sua equipe sem um treinamento? Talvez porque nem você sabe que os seus funcionários precisam de instruções pontuais acerca de seu dia-a-dia no salão. Já pensou se um deles precisa tirar uma folga porque sofreu alguma lesão decorrente do trabalho? Se acontece com mais de um ao mesmo tempo? Quando um profissional falta, as coisas já ficam mais sérias e a correria reina. Imagine se dois não puderem exercer a sua função por algo que poderia ser corrigido se você os tivesse instruído a agir de uma maneira mais precavida?

Aí você se pergunta: “e qual seria a maneira mais precavida?”. Na rotina dos funcionários devem ser incluídas atividades como o alongamento, por exemplo. Eles vão passar o dia todo exercitando os músculos de uma forma repetitiva, então é coerente que o corpo esteja bem relaxado. E na hora de preparar o cronograma de cada um, tente intercalar diferentes atividades, para que nenhuma repetição seja excessiva. Então, sempre tenha cuidados com os seus funcionários.

BOA POSTURA

Outra atitude muito positiva é melhorar a ergonomia do salão. Ele está projetado para que o trabalho seja feito de forma eficiente? Quanto menos esforço, melhor. E você deve trabalhar para que isso seja concretizado. O profissional deve se esticar o mínimo possível, se flexionar o mínimo possível e mesmo assim trazer um resultado mais do que satisfatório. E isso é completamente aplicável.

Dores na coluna também são alvo de reclamações de muitos profissionais da beleza, tudo por culpa da postura incorreta. Você deve corrigir isso, e ensinar a sentar com a postura ideal é o seu dever.

Se achar que tudo isso custará muito esforço e preocupação da sua parte, ache um profissional que te ajude. O que não pode acontecer é a saúde das pessoas que trabalham no seu negócio se prejudicar por descuido.

TRANSMISSÃO DE DOENÇAS

Você sabia, por exemplo, que as manicures podem contrair hepatite B e C, além do vírus HIV? Que essas doenças podem ser transmitidas de cliente para cliente só com uma simples operaçãozinha com o alicate que deu levemente errado? Cuidados com a limpeza são importantíssimos para que isso não aconteça em seu salão.

Não é nada impossível acontecer uma lesão com um material como este, então, esterilize-os. Outro ponto importante: lavar as mãos com álcool em gel sempre que trocar de cliente.

Veja, são atitudes que previnem coisas ruins que muita gente nem sabe que pode acontecer dentro de um salão de beleza. Ou, na verdade, ignoram e continuam do mesmo jeito.

Esse tipo de conduta não pode existir no seu salão se você realmente leva a sério este negócio. Porque, mais do que ter uma lucratividade, é a possibilidade de ajudar pessoas. Então, ajude e não fuja dessa proposta.

Por Péricles Brito, 18 /06/2014

2018-06-29T11:32:09+00:00